Wednesday, August 31, 2005

talvez os homens sejam pedaços de caos
sobre a desordem que encerram
e talvez seja isso que os explique.
(josé luís peixoto)


"jules et jim" by françois truffaut

Thursday, August 25, 2005

às dores inventadas prefere as reais.
doem muito menos ou então muito mais.
(alexandre o'neill)


"cat on a hot tin roof" by richard brooks

Sunday, August 21, 2005

imaginação querida,
o que sobretudo amo em ti é não perdoares.
(andré breton)


"a bout de souffle" by jean-luc godard

Saturday, August 13, 2005

- quem era antónio maria lisboa?
- um oráculo distraído que nunca disse a verdade.
- onde vivia?
- ao colo de uma estátua de farinha.
- porque vivia?
- porque houve sempre quem o quisesse matar.
(mário cesariny)


desenho do antónio maria lisboa
dedicado ao mário henrique

Friday, August 05, 2005

o nosso mais belo dever
é imaginar que há um labirinto
e um fio.
nunca daremos com o fio;
talvez o encontremos e o percamos
num acto de fé,
num ritmo, no sono,
nas palavras que se chamam filosofia
ou na mera e simples felicidade.
(jorge luis borges)



. photo by cindy sherman