Sunday, April 09, 2006

entre mim e o meu silêncio
há gritos de cores estrondosas
(josé luís peixoto)


"cookie at tin pan alley, new york city" by nan goldin

21 Comments:

Blogger O Caso de Charles Dexter Ward said...

A quiet desperation.

3:44 am  
Anonymous C.S.A. said...

An antonymy or maybe not, you see?

9:25 am  
Blogger merdinhas said...

Ouço a Esfinge rir por dentro

(...)
Numa diagonal difusa

Entre mim e o que eu penso...

Chuva Obliqua, F. Pessoa

11:51 am  
Blogger Naked Lunch said...

estão em maré alta, as suas fotografias. desconhecia esta.

12:04 pm  
Blogger FDV said...

[como sempre] muito bom.

cumprimentos.

3:31 am  
Blogger Rita said...

Não fosse o silêncio outra coisa...

Excelente escolha!

11:19 pm  
Blogger jose said...

curioso. entre mim e o silêncio também.
cá para mim sentimos todos o mesmo.
mui buena esta foto. também desconhecia.

1:08 pm  
Blogger O Caso de Charles Dexter Ward said...

Andei à procura das montanhas da loucura mas parece que já não é possível encontar o livro. Emprestas-me o teu? :)

3:34 pm  
Anonymous Friedrich said...

Não consigo esperar pela minha loucura, fico sempre impaciente. Antes que ela se atrase, sou eu que vou sempre ao encontro dela!...

Façam o mesmo...

3:26 am  
Blogger Mendes Ferreira said...

e. pode-se entrar aqui????


_____________________ou seja________eu posso vir desejar uma páscoa doce???? eu sei. é uma vulgaridade....mas apeteceu-me.

7:23 pm  
Blogger manhã said...

Faz-me lembrar Cesariny esta frase.

1:24 pm  
Blogger Mr_Lynch said...

Como sempre, uma excelente frase e uma excelente imagem.
Bravo CORPO VISÍVEL.

5:03 pm  
Blogger Kraak/Peixinho said...

E aquela expressão? E aquele olhar? A bebida do silêncio... até ao fim. Gostei muito :)

11:20 pm  
Anonymous Anonymous said...

Se entre nós trocarmos silêncio por silêncio, trocamos cores por cores? Eu dou-te o fucsia e tu o...
Francisco

2:39 pm  
Blogger Jazz Manel said...

...e cheiro a âmbar, ao mesmo tempo que saboreio o irish coffee bem forte e polvilhado com canela!...

4:48 pm  
Blogger osimachina said...

muito boa escolha!!

1:23 am  
Blogger blackangel said...

entre o estrondo e os gritos cookie at tin pan alley cores estrondosas e o meu silêncio new york city

2:27 am  
Blogger Mendes Ferreira said...

entre o silêncio e o segredo deixo um a b r a ço.

4:57 pm  
Blogger clotilde said...

Boa escolha.
Belas palavras.
Beijo

7:23 pm  
Anonymous Anonymous said...

o nosso corpo visível onde está?

1:56 am  
Anonymous Anonymous said...

"entre nós e as palavras há metal fundente"

(Mário Cesariny).

a forma do poema é claramente retirada do poema do Cesariny.

6:29 pm  

Post a Comment

<< Home