Sunday, November 26, 2006

miguel gonçalves mendes o mário tem medo da morte?

mário cesariny sou capaz de ter, um bocadinho. não sei o que é. (ri) mas gostava de ter daquelas mortes boas... a gente deita-se para dormir e nunca mais acorda, isso é que é bom. mas tenho medo sobretudo da degradação física, isso sim! porque eu já sofro um bocadinho, vá lá, isso é que é muito chato, isso já é a morte a trabalhar, a trabalhar.
a morte propriamente não existe. se morreu, morreu... é o momento! tens medo da morte tu?

Wednesday, November 15, 2006