Thursday, September 13, 2007

tocas um corpo,
nele te fundes,
apalpas a vida,
real,
comum.
já não estás só.

(juan luis panero)


"i don't want to sleep alone" by tsai ming-liang